Estalagem de Santa Bárbara

24.04.2016

Há coisas que gostávamos de ter só para tomarmos conta delas. Estalagem de Santa Bárbara em Oliveira do Hospital (cidade que hoje inaugurou ridículas rotundas).

Arquitetura: Manuel Tainha (1955) / Paisagismo: Gonçalo Ribeiro Telles (1969) / Decoração e Mobiliário: Manuel Tainha e Tierno Bagulho / Engenharias: Jovito Mendes Tainha; Alberto de Lemos Rola / Escultura: Fernando Conduto e João Abel Manta /

Fotografia: Jorge Garcia Pereira / ©2016

Advertisements

Matadouro: Apresentação no Porto

22.04.2016

Ernesto Fortunato Neves Santos nasceu há 70 anos no Bairro S. João de Deus em Campanhã. Hoje é o rosto de toda uma freguesia e o espelho, límpido, da mesma. Com a sua humildade, simplicidade, inteligência, resistência, empenho, tem levado a cabo um trabalho que tem como objectivo número um olhar pela comunidade, pelo bem individual de cada Campanhense. Por ser como é, foi para mim um motivo de enorme orgulho sentir o gosto que tem por ser eu, um dos seus, a fazer parte duma equipa que pensa a nova cidade que ali se irá fazer.

Na apresentação de quarta, emotiva, um dos momentos mais extraordinários para mim foi ver a Emília de Castro (nos anos quarenta serviu na casa do Director Matadouro), atravessar toda a nave onde discursava o Presidente Rui Moreira – que como grande homem e humanista que é, interrompeu para a avisar que poderia tropeçar numa das valas laterais – tendo a sua caminhada terminado só num abraço meu.

Houve muita emoção, lágrimas até. Que o diga o Fernando Vasconcelos que há cerca de 25 anos na companhia da sua extraordinária família trocou, pasme-se, o Rio de Janeiro pela Corujeira. O meu Pai, claro. A família, os meus amigos dali, que ainda hoje continuam a enviar-me mensagens de orgulho e a acreditarem no futuro, dando-me uma responsabilidade e vontade extra.

A todos eles, a todos os que cresceram nas ruas de Campanhã e ali, tal como eu, aprenderam o que é viver em comunidade, respeitando o próximo, humildemente, o meu reconhecido e muito sentido obrigado.

Muito do que sou hoje o devo a vocês e tudo farei para o retribuir.

O trabalho continua.

Ler mais em Porto.pt

Fotografia: Jorge Garcia Pereira / ©2016

Garcia-e-Albuquerque: Aula

21.04.2016

Tarde passada na companhia da turma do Professor Frederik Künzel da Fakultät für Architektur – Hochschule München, para uma aula dada em duas das nossas intervenções no centro do Porto: ‘Formosa 102’ (concluída) e ‘Imprensa Portugueza’ (fase de obra).
Foi bom sentir o interesse e satisfação no final das visitas por parte dos alunos. Para mim uma espécie de regresso a Weimar em pleno Porto.

Obrigado Professor Marco Ginoulhiac (FAUP) pela oportunidade e Oscar Leite pela amabilidade em reabrir alguns dos apartamentos tão cuidadosamente concluídos.

Fotografia: Marco Ginoulhiac

Matadouro: Apresentação no Porto

21.04.2016

Esta imagem é para mim a que melhor espelha o que se viveu ontem na apresentação do projecto do antigo Matadouro no Porto.

Rui Moreira, o rosto da cidade que olha finalmente para Este, num abraço a Ernesto Santos, Presidente da Junta de Freguesia de Campanhã, feliz e reconhecido por isso. Há décadas que por aqui se esperava por um dia assim.

A população esteve presente, em peso, num final de tarde extremamente belo e emotivo.

Sinto-me profundamente agradecido pelas palavras que ambos proferiram nos seus discursos aumentando, ainda mais, a responsabilidade e vontade de trabalhar.

Fotografia: Miguel Nogueira

Matadouro: Vídeo

15.04.2016

Tem sido um prazer enorme trabalhar com uma equipa multidisciplinar, incrível, liderada pelo Exmo. Sr. Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, com o intuito de redireccionar investimento e atenções para Campanhã (tão minha). Estes cinco minutos, que vos convido a ver e ouvir atentamente, são duma enorme beleza.

*****

> vídeo Matadouro <

coordenação: Câmara Municipal do Porto, ESAD IDEA Investigação em Design e Arte / arquitetura: Garcia e Albuquerque — arquitectos / direção de arte: Susana Fernando / realização, fotografia e edição: André Tentugal / produção: Joana Cordeiro e João Brochado / câmera: André Tentugal, Miguel da Santa, Skycam Images (imagens aéreas) / texto: Manel Cruz voz: João Paulo Costa / som e música original: André Tentugal / masterização áudio: Bruno Gonçalves / motion design: Michael Marcondes / design gráfico: Inês Nepomuceno /

O Matadouro na ‘TSF’

15.04.2016

É uma enorme satisfação falar em nome de Campanhã.
A cidade estendida, ‘líquida’ como Paulo Cunha E Silva transformou a de Bauman – e há tanto dele neste projecto – fazendo dela um conceito belo e onde todos fazem parte.
O centro expande-se finalmente a Este, onde, não o esqueçamos, sempre existiu cidade, onde sempre foi também Porto, sentido. Como tal não se trata duma descoberta mas sim de reconhecimento e sinal de respeito.
Merecido.

TSF – Clique aqui para ouvir a reportagem na rádio

Porto Before Porto

14.04.2016

Levar o Porto à Trienal de Milão já seria um facto relevante. Mas, dentro do Porto, levar especificamente Campanhã, é que me parece verdadeiramente notável.

Vivemos um momento único na cidade.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
> publicação Porto Before Porto <
coordenação editorial: Câmara Municipal do Porto, ESAD IDEA Investigação em Design e Arte
arquitetura: Garcia & Albuquerque – arquitectos
contributos: João Laia, Jorge Garcia Pereira, Luís Albuquerque Pinho, Valter Hugo Mãe
fotografia: Inês d’Orey
coordenação executiva: Andreia Garcia
design gráfico: Inês Nepomuceno
tradução: TTM Traduções Técnicas do Minho
revisão inglesa: John Bradford

SMXLL

 Fotografia: Jorge Garcia Pereira / ©2016